Wednesday, January 24, 2007

Tuesday, January 16, 2007

Decidam-se!!!




No outro dia, um padre meu amigo mostrou-se umas mensagens...

8.30h - "Senhor padre, esqueça o casamento que tem marcado para dia 15. Acabámos tudo!".

(Passadas quase duas horas)

10.20h - "Senhor padre, esqueça a mensagem de há pouco. Afinal há casamento. Só foi um mal entendido".

(Passada quase hora e meia)

12h - "Senhor padre, afinal não vai haver mesmo casamento. Pelo menos p'ra já. Vamos ver o que isto vai dar. Risque da agenda o casamento do dia 15"...

... ISTO É REAL...

.... Visto isto, dá mesmo para dizer: DECIDAM-SE!!!!




Monday, January 08, 2007

Thursday, December 28, 2006

PRESÉPIO RECONSTRUÍDO


Natal...
Tempo de PAZ, AMOR e FAMÍLIA!

Mas... Porquê???

Ah! Já sei...
Porque Natal é NASCIMENTO d'Aquele que veio manifestou essa PAZ aquando olhava o próximo...
Porque todos os seus gestos e palavras eram revelações de um AMOR incondicional por todos os homens e mulheres.
Porque Aquele que nasceu é DEUS FAMÍLIA, que vive numa relação contínua e recíproca de AMOR e PAZ!!!

Agora já sei... o que é o NATAL!

Mas... No NATAL podemos substituir JESUS pelo Pai Natal (o S. Nicolau prá frentex), podemos destruir presépios, podemos roubar imagens, podemos fazer tudo contra todos os símbolos religiosos...

Mas ninguém pode tirar do coração do homem o desejo de, pelo menos um dia no ano, viver como CRISTO (mesmo o ateu) viveu toda a vida... um dia de PAZ, AMOR e FAMÍLIA...
Isso ninguém o pode tirar do coração do homem...

Pena é ser só um dia num ano... mas mesmo assim, por média são serca de 70/80 dias numa vida!!!!

Thursday, December 07, 2006

Justiça cega


Gosto de ouvir dizer: a "justiça é cega"....
Concordo plenamente com tal expressão, quando defendemos uma justiça social sem excepção de pessoas. Onde não há diferença entre pobre ou rico, branco ou preto, pequeno ou grande!!!
Mas... Todos sabemos que tal não é verdade... Pode até continuar a dizer-se que a "justiça é cega", mas não pelos melhores motivos...
CEGA por fechar os olhos àquilo que passa nas barbas de todas as autoridades!!!
Quando a justiça fecha os olhos acobardando-se das contrapartidas... do poder ou da falta dele!!!
E, basta vir alguém dizer que sabe "quem faz parte do sistema"... "que sabe certas ou determinadas coisas"... ou até que sabe quem matou A ou B!!!
Enfim... É esta a CEGUEIRA DA NOSSA JUSTIÇA!!!
A justiça que resolve casos como a Casa Pia, o Apito Dourado, o "caso João Pinto", o caso "Mateus", os desvios nas autarquias, etc, etc...

Concluindo... Estamos num país de justos!!!Só é necessário começar a meter toda esta gente nos altares e a venerá-la... porque de culpados a testemunhas passaam quase todos...

Viva a nossa Justiça!!!

Thursday, November 16, 2006


"Morangos com veneno"


A série da Tvi "Morangos com açucar" continua a prender ao ecrã muitos jovens e crianças...
Após terem passado tantos dias desde o seu início, o seu sucesso continua....
Mas! Serão uns morangos doces ou venenosos?
É certo que as histórias se repetem ... apenas mudam as personagens!
No entanto, aquele programa que poderia ter alguma formação para os mais novos... eis a grande tentação: AUDIÊNCIAS.
Assim, formação e audiência/sucesso não parecem muito compatíveis, pois o que prende não é uma série com alguma tendência formativa... isso, seria uma seca!
Mas os morangómanos podem dizer: "É uma série que trata das problemáticas actuais".... ok... Mas como? Pergunto eu....
Nesta série raramente se vê algum aluno estudar, ou seja, a vida do estudante é entre colégio e bar... A sala de aula é um professor falar enquantose realça os alunos a falarem de tudo menos da aula...
E o que se deseja para a educação neste país???? Que as escolas sejam como o Colégio da Barra, onde se faz de tudo menos estudar? Ou que os executivos sejam como a directora do mesmo? Enfim... mas é isto que dá dinheiro, audiências, etc... (Já para não falar da publicidade, revistas, etc). Grande negócio!!!!
E as famílias? Poucas são as normais. É certo que todas têm problemas, que hoje em dia há muitos casamentos desfeitos... mas... Poucas familias se aproveitam (tradicionalmente falando, claro... mas o que é moda é ser (i) novador).

Os fãs são tantos que até já dá para ter um clube... E ontem o tema era: Preservativo. Agrada-me... mas agradou-me mais aqueles expert's de 15 e 16 anos que da vida ainda nada sabem... E que estão lá porque a oportunidade lhes caiu do céu... Até já eles (o)pinam como se fossem o prof. Marcelo. Estou admirado com o nível que o nosso Portugal está adquirir (O Camões deve estar às voltas no túmulo)
O mais engraçado é a seguinte frase: "Usa o preservativo para evitar uma criança, pois uma criança não tem capacidades para cuidar de outra".. Isso concordo. Mas se é criança para ter um filho não o será para o fazer???? Eis a questão!

Ah! Também admiro a qualidade das bandas que saem de lá... Até já o Cromio canta... Assim, até o Zé Cabra brilhava!

Enfim, Formação e audiências/lucro não vão às bola juntos...

Thursday, September 14, 2006

Zapatero vs Vaticano





Thursday, August 31, 2006

Crer para ver...


"Porque me viste, acreditaste. Felizes os que crêem sem terem visto" (Jo 20, 29). Estas foram as palavras dirigidas por Jesus a Tomé face à incredulidade do apóstolo...
Também eu posso cair em tal cepticismo se não abrir o coração ao toque bondoso do Deus-Amor...

Mas... Acredito porque vejo, ou, por seu lado, vejo porque acredito???
A Fé não se estuda... vive-se! E vive-se no quotidiano com aqueles que estão a meu lado, daqueles que eu me aproximo...
Sinto que vejo porque acredito...
E tu questionas-me: Mas... Então não vês as mesmas coisas???
Sim, vejo... Mas vejo-as e quero vê-las de uma forma radical... Tão radical que quem me ensinou a vê-las, foi crucificado numa cruz porque as revelou a todos aqueles que estão dispostos a colocar os seus corações abertos a Ele e, consequentemente, a todos os outros...
Mas... Esse Jesus não ficou preso na cruz para sempre...
Ressuscitou!!! Sim... acredito plenamente que sim...
E foi assim que todas as suas palavras ganharam vida! Foi assim, que passado algum tempo, todos aqueles que o rodearam, perceberam verdadeiramente a Sua Palavra!
Foi aí que todos começaram a ver de uma outra forma...
Foi aí que perceberam a Sua linguagem...
... E foi a partir daí que deram sentido verdadeiro à palavra: Apóstolo!

Wednesday, August 30, 2006

Diálogo transcendental de loucos!!

No outro dia, depois de um dia cansativo, resolvi saciar a minha sede ao sabor de uma mini bem fresquinha!
Sentado ao balcão, e já com um copo a mais, um homem resmungava para o seu copo...
Entretanto entrou uma senhora que, após ter sido uma grande intelectual e pensadora terminára na loucura...
Enquanto lia o meu jornal começo a aperceber-me de um diálogo transcendental entre aqueles dois seres...

Homem: Deus é que manda aqui!
Senhora: É preciso perceber a história...
Homem: Então não é Deus quem manda aqui???
Senhora: A 1ª vez que me disseram que não sabiam isso foi em Moçambique...
Homem: Mas se não é Deus que manda aqui. Quem manda?
Senhora: É preciso perceber S. Agostinho... Esse é que é preciso perceber...
Homem: Deus está no céu e eu é que tenho de ir trabalhar...
Senhora: A culpa é de Gutemberg...
Homem: Dá cá um fino que Deus é que manda no mundo!
Senhora: Estamos no reino dos cachorros... Hehehee
Homem: O quê? Eu não sou jeová... sou católico da Igreja...
Senhora: A culpa é do Gutemberg...
Homem: Então quem manda no mundo?
Senhora: Ao que nos leva a psicanálise... o outro bem dizia que era o grande perigo dos nossos tempos...
Homem: Dá-me um fino que Deus é que manda...
Senhora: Se não me vendem o leitão vou a outro lado...
Homem: Então quem manda???
Senhora: Vou ao cemitério a ver se arranjo quem queira substituir os santos que já estão fartos de estar no altar...
Homem: Mas quem manda??? Vou ter de ir trabalhar???
Senhora: Tenho aqui uns pensos para tapar a minha boca...

... e com isto terminou aquela discussão "teológica"...
... Só não conseguiram, foi, explicar ao homem: Quem manda...

Monday, August 28, 2006

Lei laboral anti-tabagista!!!!!


O que fazer dos seminários????

... Os tempos avançam... O Concílio de Trento já lá vai... Até já houve, depois deste, um I e II Concílio do Vaticano (este último considerado a grande abertura da Igreja ao mundo)!!! Uma das inovações do tempo foi a origem dos seminários... Mas... e hoje??? Tem fundamento a existência de um casarão a acolher dois ou três gatos pingados com as regras (quase) tridentinas a quais lhes é (quase) proibido ver o mundo tal como ele é???

Assim, os jovens ordenados que saiem dos seminários caem no risco de:

1) Experimentarem aquilo que lhes proibiram durante dezenas de anos, só que com a agravante de já serem ordenados....
2) Serem pastores anti-sociais que vivem diáriamente a sua frustração numa relação ódio-pena com os fiéis...
3) Conseguirem o equilibrio entre a realidade hodierna com o que acreditam e anunciam...

Estes seminários de (de)formação, invadida por certos tabús, ainda abarcam termos como: "Sr. Reitor", "Padre-Prefeito", "castigo/disciplina", "proibido", etc... Parecem algo descontextualizados da cultura, realidade e mesmo da missão de Jesus Cristo para cada jovem... Mas os homens, com as suas ideias e linguagem, parece quererem opôr-se à bela linguagem de Jesus Cristo, baseada na liberdade, felicidade e realização pessoal em Jesus...
Há crise de vocações??? Mais parece haver crise de ideias purificadas e olhos límpidos para conseguir outra forma, mais inovadora, de discernir e apoiar no crecimento vocacional de tantos jovens dispostos a entregar-se a Jesus Cristo...
Não é justo colocar tais regras a miúdos de 12/13 anos que ainda vivem agarrados ao seio materno e exigir-lhes o comportamento que por vezes nem o próprio "reitor" o tem...
Assim... é caso para dizer:


O que fazer dos seminários???


ATENÇÃO: "Seminário" deriva da palavra grega Sémen (semente)... não, não é bem o que estás a pensar..hehehe... "Seminário" dá para rir não dá???

Monday, August 21, 2006

Contra o Relativismo: eis o Absolutismo...


Bento XVI, o Papa anti-relativismo...

Lutar contra o relativismo parece ser este o lema do pontificado de Bento XVI...

De facto, actualmente, quer na religião quer na sociedade, estamos tentados em cair fácilmente num certo relativismo... Ao qual o actual pontífice "condena"...

Mas eis a questão.... Porquê??? Será pela (justa) liberdade de pensamento e de expressão? Ou pelo facto dos inúmeros anos de absolutismo quer político quer ideológico... fora e dentro da Igreja?

Não querendo defender um relativismo a rondar a libertinagem também não me dá qualquer prazer defender aquilo que foi causa de imensas lutas: o absolutismo e as ditaduras ideológicas!

É certo que tem de haver parâmetros e normas que sirvam de guias aos homens no seu sobreviver , que os ajudem a viver de uma forma sã quer socialmente, quer eclesiologicamente....

De facto, contrariar o relativismo pode (ou talvez não) facilitar o absolutismo... A inquisição, desculpem... a imposição!

Aos cristãos devem ser dadas as guias necessárias para se encontrarem com Jesus Cristo, onde quer o Papa, bispos e padres são apenas instrumentos de Deus e pontífices (ponte) entre Ele e os homens...

Sim! O Cristianismo é exigente... mas por favor... não coloquem fardos tão pesados nas costas das pessoas, os quais nem padres nem bispos estão dispos a carregar ! Para cada ombro seu fardo, de acordo com a sua capacidade!!!!

"Deus caritas est" (Deus é amor) fundamentou Bento XVI... Muitos ficaram abismados... Mas... esta é alguma novidade??? Disso parece-me que ninguém duvída... Foi a grande revelação de Jesus Cristo... A mim parece-me que se deve proclamar... Mas mais do que palavras... com actos e testemunho...

E... deixando de parte o absolutismo, o Homem olhe para a Igreja e, na sua liberdade de pensamento e opinião, veja nela que "Deus caritas est"...

Wednesday, August 16, 2006



Uma "nova teoria" da Última Ceia


Depois do sucesso de Dan Brown e das "suas teses" sobre o quadro da Última Ceia de Leonardo Da Vinci, defendidas em "O Código Da Vinci", eis que foram descobertas novas "pistas" sobre esse acontecimento marcante na história mundial...
Que me desculpem o meus amigos Dan e Leonardo (paz à sua alma)... Mas estas novas pistas são bombásticas e vêem contradizer o best-seller!
É um novo retrato da Última Ceia que coloca uma figura no centro a qual não é Jesus...
Será Maria Madalena???? Tudo indica que sim...
Não! Não foi descoberta nas grutas de Qumran nem parece ser da autoria de Leonardo Da Vinci...
Decidi revelar tais pistas após muita ponderação... Primeiro porque não vou ganhar tanto como o Dan Brown e depois porque ele ainda poderá vir ganhar uns tostões com um novo livro baseado nestas neo-pistas.... Basta que lhe dê na telha!!!!!
Vou arriscar...
Vejam com atenção a todos os simbolos ocultos por de trás de estas obra de arte...
Penso que o Priorado de Sião guarda um segredo com mais de 2000 anos...
... Esse segredo é revelado na imagem que coloca, presumivelmente, Maria Madalena no centro das atenções!!!

Impressionante! Um segredo oculto pela Igreja há mais de 2000 anos!

Monday, August 14, 2006


Uma Eminência com voz de pregador!!!

... Conheces???

Humilde:
Optou por não estar presente no último Conclave porque estava a preparar a sua candidatura para a Presidência da República! Habemus Papam?? Não! Este não quer voos tão altos... Contentava-se com o modesto cargo de... Presidente da República!

Bom pregador:
Com o seu tom irónico e ar pálido parece um pregador da Alta Idade Média... Não olhando para a sua biografia, eu diria que era um padre frustrado que teve uma depressão enquanto pregava aos peixinhos lá de cima do púlpito!!!

Discreto:
Não usa gravata preferindo a camisa de fora... Faz lembrar a discrição dos padres sem cabeção!!! Sempre passa um pouco mais despercebido!

Não dá nas vistas:
Sentado no parlamento ninguém dá conta... Até nem está sempre a mandar bocas foleiras!
Não dá nada nas vistas, tal como o padre que chega de Audi A3 ou Mercedes CLK à sua paróquia para receber o "contributo paroquial"...

Do contra:
Sempre...

Visto isto.... Tem muitos requisitos para ir ao próximo Conclave...
... Basta para isso mudar de clube... !!!!(Já nem precisa de mudar de cor...)


Thursday, August 10, 2006



Pelos dentes se vê o burro...

Em conversa, alguém disse:
- "Tenho de ir assistir a essa missa..."
Num tom de brincadeira e armado em intelectualoide, eu corrigi:
- "Não se diz «assistir» mas sim «participar»"...
Foi aí que, de imediato, um amigo e estimado padre corrigiu a minha correcção....
- "Assistir, sim!! Assistir, primeiro, para ver se vale a pena participar..."
De facto, não adianta "pregar" que não se assiste, mas participa-se na Celebração da Eucaristia ... Que não é igual a uma peça de teatro em que o público se limita a assistir...
Na prática, e deixando-nos de teorias, muitas são as "missas" que, não passando de monólogos, não se dá aos fiéis a mínima possibilidade de participar!!! O povo, o máximo que pode fazer é, somente, assistir... como uma peça de teatro conhecida de trás para a frente!!!
Mas... se porventura se for dizer isto a muitos dos padres "secas", estes respondem:
"É falta de concentração dos fiéis... A missa é sempre igual, independentemente do sacerdote... não é pelo padre... As pessoas participam como por exemplo nas leituras....blá, blá, blá"...
Sim, a missa é igual.... agora... o nosso estado de espírito, a nossa vontade e concentração... isso é que pode "depender do diferente"!!
E um padre dinâmico ajuda, e muito, na participação de uma celebração...
Por isso... Mas vale ir assistir para ver se vale mesmo a pena participar...
Assim...é caso para dizer que...
... pelos dentes se vê o burro!!!

Wednesday, August 09, 2006

... estes já foram cónegos... vê como ficaram!!!
Cónegos e "Cónerias"

Na Igreja uma de muitas coisas que me mete confusão é o conceito: Cónego (se é que se lhe pode chamar "conceito").
Mas o que é isso????
Um cónego será....
... um padre aspirante a bispo para aspirar a cardeal que tenha legitimidade de aspirar a Papa???
Ou... será... um padre que não gosta que o tratem por padre preferindo a "honra": Cónego???
Será... uma honra???
Será... Para passear um chapeu em forma de tridente???
Ou... será... nada de importante???
Bem... Pergunta arrasta pergunta...
Então, qual o papel do Cónego na Salvação do Homem???
Uiiii!!! No coment...
No meio de tantas dúvidas entre cónegos e "cónerias" alguém me clarificou...
Sabes qual a diferença entre um padre e um cónego???
Não é nenhuma... o cónego é que não sabe....

Mai nada!!!!

Thursday, August 03, 2006

Um amigo muito fixe!!!...


... Vou falar-te de um meu amigo muito fixe...
É um daqueles porreiros, que está sempre a meu lado, nos melhores e piores momentos...
O meu amigo chama-se Jesus!!!
Mas tu, ficando parvo a olhar para mim, respondes-me:
"Jesus???
Oh pá, não sejas beato nem piegas...
Desse já me falaram vezes sem conta, e olha que, por vezes, não muito bem...
Jesus?... E logo Jesus!!! Esse nome é foleiro, está fora de moda."
E eu digo-te que há uma coisa que não entendes…
É que para mim, os amigos nunca passam de moda, nunca são antiquados nem muito menos os trato como murcões... Não, não tenho vergonha dos meus amigos, muito menos d'Este. Não tenho medo de pronunciar o nome: Jesus, porque Jesus é meu amigo... (Sim, sei que os putos na catequese cantam uma música parecida).
Vá lá, não sejas preconceituoso. Talvez tenhas essa opinião porque apenas o conheces de “vista”… Falas d’Ele da forma como te ensinaram a vê-l’O. Talvez estejas com medo dele, porque ligas às calúnias de que Ele é alvo, até por parte daqueles que dizem ser amigos d’Ele… Talvez o confundas com esses (que se dizem amigos) e com os seus actos…
Sim… também te digo que sofreu muito, morreu, e ressuscitou (pelo menos eu acredito no que o meu amigo Jesus me diz), acredito n’Ele porque acredito nos meus amigos!
Mas olha… Vais ver que Ele não morde. Não é Aquele indivíduo que nunca se ri, que está sempre com um olhar de mauzão a julgar o que os outros fazem…
Não, o meu amigo não é assim. E se há algum Jesus assim, então, não é o mesmo…

… O meu amigo é fixe, bem disposto, feliz por eu ser feliz! E todos os dias que o encontro, levanta o polegar e diz-me: “Força que Eu estou sempre do teu lado”…

Wednesday, August 02, 2006


O maior cego é aquele que não quer ver...

Foi mera coincidência... Andando eu nas minhas habituais pesquisas deparei-me com esta sugestiva imagem!!! Infelizmente há muitas questões na "nossa" Igreja que poderiam ser ilustradas com este "Cartoon"...
Mas....Solta a tua imaginação, porque...
... Uma imagem vale por mais de mil palavras...!!!

Tuesday, August 01, 2006


O Zé Coto

Raúl era um miúdo, filho de camponeses. Desde cedo, como em todas as aldeias, ouvia com grande atenção as estórias que se contavam acerca dos habitantes daquela localidade. Raúl era um miúdo sem medos…ou bem, com um único medo… o medo do Zé Coto…! Desde cedo ouvia as estórias de tal figura… Um velho que morava no termo, ainda longe da aldeia! Zé Coto era considerado a causa de todas as desgraças: “O Manel caiu da burra? É obra do Zé Coto”, “Há um incêndio? Foi o Zé Coto”, etc. Alguns populares contavam que o Coto tinha matado uns poucos de homens de uma só vez…até perdera a mão nessa luta…
Raúl, imaginava Zé Coto como o homem mais mau à face da terra… Crescia com um grande medo do Zé Coto…

Quando começou a ter bigode, os pais de Raúl começaram a mandá-lo com as vacas… Não bastasse isso, que ainda tinha que ir para uma terra perto da casa assombrada…A casa do Zé Coto.
Raul ia pelo caminho mais distante, só para não ver o Coto. As pernas de Raul tremiam como varas verdes…
Um dia, estava no lameiro com as vacas quando uma delas apanhou o rapazito atirando-o para o outro lado da parede… Raúl perdera os sentidos, estava quase à morte… Ninguém o iria encontrar…!
Passado um tempo, acordou… Estava numa casa aquecida por uma boa lareira, uma casa arranjadinha! Olhou em volta e viu…o Zé Coto! Ver o Zé Coto era cem vezes pior que uma escornadela de vaca… o rapaz ia morrendo só de susto…
Mas, verificando melhor e já mais calmo, reparou no sorriso meigo do Coto. Começou a pensar que foi aquele homem de idade avançada a salvá-lo…Sem se aperceber começou a conversar com aquele homem mítico… Os minutos passavam… e a cada palavra do Coto, os olhos do rapaz abriam-se de fascínio e de espanto…
Agora, sim, Raúl começara a conhecer o Zé Coto. Afinal não era nada daquilo que lhe contavam… Afinal, nem coto era… Raul conhecia aquele que o salvou da morte eminente, conhecia um velho que amou e continuava a amar…
Raúl concluiu que os populares contavam todas aquelas estórias porque não o conheciam verdadeiramente, porque nunca se esforçaram por se dirigir àquele homem preparado para receber e dar todo o amor que tinha para dar…
… A partir daí, Raul visitava todos os dias o Zé…e como se isso não bastasse…Começou a levava-lo à aldeia para o dar a conhecer a toda a gente…


Só podemos dar a conhecer Aquele que, de facto, conhecemos...